sábado, 29 de setembro de 2012

Entrevista com Thiago Galdino no Portal Cranik

Link Original: Aqui

ENTREVISTA COM THIAGO GALDINO
O Editor do Portal Cranik "Ademir Pascale" entrevista o escritor Thiago Galdino (29/09/12).

Thiago Galdino - Foto Divulgação

ENTREVISTA:

Ademir Pascale: Como foi o início de Thiago Galdino para o meio literário?

Thiago Galdino: Desde muito cedo aprendi a gostar de ler. No intervalo das aulas, ainda no colegial, enquanto as outras crianças costumavam se divertir circulando e conversando pelos corredores, eu caminhava nas terras fictícias das páginas dos livros, na biblioteca da escola (quase sempre sozinho). Depois que os meus pais perceberam esse meu fascínio pela literatura, passaram a me presentear com obras da melhor qualidade; aquilo pra mim era demais, mas até aqui, eu era apenas um leitor voraz.

Aos doze anos de idade, porém, fui pego por um início de depressão, e como forma de esquecer-me da tristeza, apenas como um simples passatempo, comecei a esboçar o meu primeiro livro. Acabei tomando gosto pela coisa, procurei textos que me interessavam e busquei aprofundamento no campo literário... Mas, digamos que eu comecei a escrever pra valer em 2011, quando retornei aos rascunhos da minha infância e iniciei o processo de reescrita; ainda no mesmo ano, consegui um contrato com a editora.

Ademir Pascale: Como surgiu a ideia do livro “Suspeitas de um mistério” (Multifoco, 2012)?

Thiago Galdino: Surgiu após uma leitura do livro “Tom Sawyer, detetive”, do ilustre escritor norte-americano Mark Twain. De alguma forma aquela obra me fisgou, me chamou a atenção, e fiquei pensando nela um bom tempo após o término da leitura. Senti-me necessitado a escrever uma estória contando as aventuras e peripécias de garotos, em circunstâncias aparente normais.

Ademir Pascale: Comente sobre sua participação em outros projetos literários.

Thiago Galdino: Participei de duas edições do projeto de incentivo a poesia “Um poema em cada árvore”, idealizado pelo Marcelo Rocha e realizado pelo Istituto Psia, em Governador Valadares; possuo contos publicados na Revista Samizdat, Jornal Clandestino, ContemporARTES, Revista Oeste, entre outros que serão lançados nas próximas semanas.

Acho essencial e de prioridade máxima esses projetos, para que se construam alternativas que proporcione acesso direto dos leitores à produção literária. Principalmente no Brasil, país que valoriza muito pouco a cultura e menos ainda a literatura.

Ademir Pascale: Recentemente foi lançada a revista cultural Ligados. De quem foi a ideia da revista, quem são os envolvidos e como foi o processo até chegar a primeira edição?

Thiago Galdino: A ideia surgiu há muito tempo. O estudante de Letras Felipo Bellini, o nosso idealizador, queria criar uma mídia alternativa que desse uma opção às pessoas de ler um conteúdo que não é visto tão frequentemente na grande imprensa, então ele convidou alguns amigos para escrever no Blog. Houve uma certa expansão, e surgiu também um programa de rádio em que se falava de livros, realizava entrevistas, criava agendas culturais e perfis de bandas potiguares, entre outros. No entanto, houve alguns problemas internos e o programa foi extinto, e nesse meio tempo já se falava sobre o lançamento de uma revista cultural com conteúdo 100% autoral, em que os próprios envolvidos pudessem expressar uma opinião própria sobre determinado tema, sem depender de ninguém para escrever.

Os membros que fazem a Revista Ligados são: Felipo Bellini, André Marinho, Andesson Cavalcanti, Stephane Vasconcelos, Anderson Silva, Douglas Cavalheiro, Werdeles Soares e Thiago Galdino (Eu); o nosso diagramador chama-se Arandú Pinheiro.

Ademir Pascale: Já tem data prevista para a primeira edição impressa da Revista Ligados?

Thiago Galdino: A primeira edição eletrônica foi lançada agora em setembro. Trata-se uma revista de periodicidade mensal, onde publicamos colunas que dialogam com a cultura nacional e universal, em seus mais diversos meios, temas e abordagens. Pretendemos criticar e mostrar literatura, falar e fazer cinema, discutir política sem fins partidários e elaborar revoluções na mente da sociedade. Em nossas poucas muitas páginas, os leitores encontrarão literatura, cinema, teatro, música, fotografia, desenho, história e crítica.

A edição impressa está em fase de estudo de mercado, de acordo com a receptividade do público. Enviamos 24.000 e-mails diretos com a revista anexada; foram realizados 1029 downloads na versão digital nos mais diversos locais que fornecemos a opção de upload; 940 pessoas entraram no flip da revista e houveram 333 likes na postagem, além de termos sido parabenizados pela Câmara de Natal e outros (Em menos de 10 dias). Portanto, não tardará a ser lançada a versão física, acredito.

Ademir Pascale: Como os interessados poderão saber mais sobre você e como deverão proceder para adquirir um exemplar do seu livro?

Thiago Galdino: Em meu blog (thiago-jefferson.blogspot.com.br), publico tudo (tudo mesmo!) o que se fala a respeito de mim e dos meus textos, seja resenhas, matérias, entrevistas e/ou seleções.

“Suspeitas de um mistério” se encontra à venda em diversos sites, como o da Editora Multifoco, Livraria Cultura e em minha lojinha pessoal. Os links se encontram abaixo, respectivamente:

Editora Multifoco: Clique aqui

Livraria Cultura: Clique aqui

Blog pessoal: Clique aqui

Ademir Pascale: Existem novos projetos em pauta?

Thiago Galdino: Pretendo resgatar, até o fim do próximo ano, todos os contos que publico em jornais, revistas e blogs literários, e lançar em 2014 uma coletânea com esses textos. Estou também às vésperas de concluir o meu segundo livro infantojuvenil, mas este ainda adormecerá um pouco na gaveta até que eu o sinta maduro o suficiente para ser publicado... Os títulos ainda são sigilosos (Risos).

Perguntas Rápidas:

Um livro: As aventuras de Tom Sawyer
Um(a) autor(a): Pedro Bandeira
Um ator ou atriz: Tom Hanks
Um filme: À espera de um milagre
Um dia especial: O dia em que venci a depressão

Ademir Pascale: Deseja encerrar com mais algum comentário?

Thiago Galdino: Gostaria de agradecer pela oportunidade e parabenizá-lo pelo empenho em divulgar nesse espaço a literatura brasileira. A sua posição frente ao assunto merece respeito e aplausos de pé.

Espero que todos os leitores tenham gostado de conhecer um pouco da minha trajetória.

Saudações!


CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS


Entrevistado: Thiago Galdino

Nenhum comentário:

Postar um comentário