quinta-feira, 26 de julho de 2012

Resenha de "Suspeitas de um mistério" no Seis Milênios

Link original: Aqui



Suspeitas de Um Mistério

Autor: Thiago Jefferson dos Santos Galdino
ISBN: 978-85-7961-733-1
Páginas: 109
Editora: Editora Multifoco
Ano: 2012 (lançamento)
Sinopse: Pedro e Saulo recebem uma carta da sua tia, dona Daura, pedindo para que fossem visitar a fazenda, pois seu tio, o Fernando, está passando por péssimas condições financeiras. Ao chegarem à fazenda acham o comportamento do Fernando muito estranho e desde então resolvem segui-lo. Os garotos encontram pistas cifradas no bananal e nos arredores da fazenda e descobrem um mistério que envolve o Fernando e seus comparsas.




Enredo
Pedro e Saulo são dois irmãos com sede de aventura e mistério. Sua vida se resume a namorar as vizinhas (gêmeas) e viver com sua mãe. Depois de uma grande decepção, a boa notícia: sua tia Daura os chama para passarem alguns dias na fazenda da família. Além disto, os meninos poderiam dar uma mãozinha no bananal, já que os tios passavam por momentos difíceis na colheita.
Munidos das passagens aéreas e de todo o entusiasmo juvenil, eles partem. Nunca imaginariam, porém, que iriam vivenciar um mistério tão próximo de sua família.
O autor consegue fluir com bastante naturalidade nas ideias do enredo, sua escrita é leve. Se não fossem diversos erros em muitos aspectos, seria um livro muito promissor.
Logo no começo já é perceptível a presença de muitos "falou Fulano" depois dos diálogos. Quando há três pessoas ou mais, este é um aspecto importante; entretanto, quando são somente os dois irmãos falando um com o outro, não há necessidade, o leitor é perfeitamente capaz de alternar logicamente os diálogos a fim de entender quem falou o quê.
As personagens: no começo e em boa parte do enredo, elas são fracas e insossas. Por exemplo: os meninos descobrem, no início, que suas namoradas os estão traindo na frente de casa. Decidem ir tirar satisfações, mas é só as duas os chamarem de "chatos" e os mandarem sair dali que eles dão meia-volta. É possível, claro, mas não é uma reação muito comum. É um trecho um pouco fora da continuidade da história. Do meio para frente, as personagens conseguem dar uma guinada com personalidade, conquistando a simpatia do leitor.
Em se tratando de continuidade, o enredo pecou. Há vários fatores que são possíveis, mas não muito prováveis ou estão mal explicados. Exemplo: a passagem de avião chega pelo correio às 06hrs30min da manhã. O problema é que eles avisam a mãe, fazem as malas e se vão. Os dois têm 13 anos. Não é usual que uma mãe volte a dormir sem acompanhar os dois filhos. Outra coisa: servirem coisas mais chiques na primeira classe é normal, mas batata frita não faz parte deste cardápio. Ao retirar informações com um profissional da área, foi constatado que aviões que possuem tal configuração são muito grandes e, segundo consta, nenhum aeroporto brasileiro tem capacidade para tal. Como dito acima: até é possível, mas não é provável. Várias inconveniências parecidas foram constatadas durante a leitura.
O mistério: pelo título e sinopse, o leitor entende que lerá um romance policial. Todavia, excetuando-se algumas referências esquisitas em relação ao tio, o mistério em si começa bem para o final do livro. Para justificar como os meninos decifram o esquema de códigos da quadrilha, é usado um subterfúgio muito longo, o que torna a leitura cansativa e arrastada.
O espaço é descrito de forma econômica, prezando por descrições mais longas em situações que necessitem de tal atenção; o tempo em questão é o atual.
O andamento da leitura é arrastado pelos aspectos acima citados e pelos inúmeros erros de digitação (falta de travessão em lugares que o necessitavam e presença onde não era necessário, fazendo com que o leitor ficasse "adivinhando" em que trecho havia diálogo ou não), de gramática (vírgulas, uso incorreto de c e s como em "sínico" (SIC) e várias aparições de "encima" (SIC), o que denota descaso na revisão. Alguns erros pequenos (no máximo 2 ou 3) são perdoáveis, mas foram contados mais de 50 erros do gênero.
Era um enredo promissor, mas os vários erros apontados acabaram por prejudicá-lo muito.

Estrutura "Artística"
A capa é um dos aspectos isentos de crítica. O trabalho artístico feito é pertinente à ideia do enredo (embora seja acima do que a história traz).
A diagramação é regular (muitos erros de diagramação) e as letras são de um tamanho razoável, tornam a leitura adequada.
A sinopse traz uma ideia de enredo que não é muito bem verdade. O leitor espera um mistério com pistas a serem decifradas, mas isto só ocorre no final, o que pode frustrá-lo.
Faltou planejamento de continuidade.

Estrutura Física (Materiais)
As páginas são de qualidade e esbranquiçadas. Por ser pequeno, não é um aspecto que canse o leitor. O material de capa tem resistência média, sendo suscetível a vincos e amassados.

Análise
Enredo (x2): 2,5
• Espaço (x2): 4 (muito bom);
• Tempo (x2): 4 (muito bom);
• Personagens (x2): 2 (regulares);
• Criatividade (x1): 2 (regular);
• Andamento do enredo (x2): 1 (ruim);
• Início, meio e fim (x3): 2 (regular);

Estrutura Artística (x1): 2,78
• Capa (x1): 5 (ótima);
• Diagramação (x1): 2 (regular);
• Fontes (x2): 5 (ótimas);
• Sinopse (x2): 1 (ruim);
• Enredo (x3): 2 (regular);

Estrutura Artística (x1): 4
• Capa (x1): 4 (muito boa);
• Páginas (x2): 4 (muito boa);

Nota final: [2*(2,5) + (2,78)*1 + (4)*1 ]/4= 2,94




Gostei da obra?
Fiquei bastante decepcionada porque esperava mais. Eu sou bastante chata com várias coisas, até fui pesquisar para ver se o problema era comigo. Tenho esperança que, com estes toques da resenha, o autor possa melhorar e mostrar todo o seu potencial. Uma dica que darei ao autor por aqui: deveria considerar diminuir o nome. Perceba que os grandes autores utilizam, no máximo, 3 nomes (nome + 2 sobrenomes ou 2 nomes + sobrenome). Isto porque é muito mais marcante e simples para os leitores lembrarem. Também espero que os toques ajudem a editora e o revisor a instituírem um padrão mais rigoroso de qualidade para as próximas publicações.
E, claro, cedo este espaço para que o autor possa contestar qualquer aspecto que eu tenha interpretado de forma incorreta.


O Autor
Agradeço a oportunidade.

ATENÇÃO: Este tipo de resenha é um teste. As próximas poderão ser tanto neste formato quanto no anterior. Qualquer dúvida, mande um e-mail.

Declaro que as imagens usadas acima não são de minha autoria, respeitando os direitos autorais dos verdadeiros criadores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário